Blog

8 perguntas a se fazer na hora de trocar de sistema

Está pensando em trocar de sistema? Essa é uma decisão muito importante e que precisa ser tomada com cautela e responsabilidade, sempre colocando qualidade e segurança em primeiro lugar. Por isso, elaboramos oito perguntas para você fazer a você mesmo ou até para sua equipe e refletir sobre as melhores opções a serem tomadas.

8 perguntas a se fazer na hora de trocar de sistema

1 Por que está cogitando esta possibilidade?
Bom, se você está cogitando trocar de sistema é porque está insatisfeito com o sistema atual. Seja porque deseja algo que o software atual não tem ou porque esse já não atende mais as suas necessidades. Faça uma relação dos motivos pelos quais cogita trocar de sistema e reflita sobre eles.
 
2 O seu sistema atual atende plenamente todas as necessidades do seu negócio?
Pense em todas as rotinas de seu negócio e se elas estão sendo plenamente atendidas pelo seu sistema atual. Aqui também é importante pensar se este sistema está preparado para o que projeta ao seu negócio nos próximos anos.
 
3 Falhas e problemas ocorrem com frequência a ponto de atrapalhar o funcionamento da loja?
Como tem sido o desempenho deste sistema? Ele funciona sem problemas ou ele é, na verdade, uma grande dor de cabeça e motivo de tensão em função de problemas recorrentes? Pense em todas as situações e faça um cálculo do quanto isso atrapalhou a rotina de trabalho e consequentemente a sua lucratividade.
 
4 Seu atual sistema atende às mudanças de legislação e movimentos do mercado?
Ter um sistema instalado é simples, porém, o mercado e a legislação são bastante voláteis e mudam. Certifique-se de que seu sistema é atualizado constantemente e que tem condições de lhe atender em todos os 27 estados do país. Observe, também, se essas atualizações são cobradas separadamente.
 
5 O modelo de negócio proposto é parceiro? Contempla seu crescimento?
Ajustes são, muitas vezes, necessários para o melhor funcionamento do sistema. Algumas vezes esses ajustes são específicos ao seu negócio, mas não significa que não são importantes. Neste sentido, é pertinente verificar se o modelo de negócios é parceiro e está lhe oferecendo a melhor solução em custo-benefício. Muitas vezes, adquirir um pacote ou módulo básico pode ser mais “barato”, porém, ao lançar mão de soluções complementares, essas podem ser cobradas à parte, tornando o sistema muito mais caro.
Outra situação que pode acontecer é a cobrança extra por número de usuários cadastrados e quantidade de notas emitidas que pode te surpreender, justamente, no seu momento de crescimento. Atente-se a esta questão!
 
6 Você se sente satisfeito com a o atendimento que você recebe ao buscar ajuda?
Quando se trata de algo tão sério, quanto o software ao qual você confia todos os processos do seu negócio, é imprescindível que o atendimento seja rápido e eficiente. SACs que lhe transferem de uma linha à outra e te fazem repetir diversas vezes os mesmos relatos, certamente, não são as melhores opções.
 
7 Já pesquisou outras opções de sistemas e o que elas podem oferecer?
É importante realizar uma boa pesquisa antes de fechar a troca. Ter certeza de que o novo software tem tudo o que você precisa, de que o atendimento é rápido e eficiente, de que a empresa irá enxergar as especificidades do seu negócio e se atentar a elas. Pegar indicações de parceiros pode ser interessante!
 
8 Qual a sua maior insegurança quando pensa na mudança?
Tente elencar o que te deixa mais inseguro quanto à mudança e busque por empresas que te ofereçam soluções que te tranquilizem com relação a isso. É inteligente encarar as nossas inseguranças, ignorá-las não é uma boa opção.

 
Vamos te deixar refletir sobre essas questões. Mas quando tomar uma decisão, venha conversar com a gente! A Server oferece o software mais completo para gestão no varejo e nosso atendimento tem índice de avaliações positivas acima dos 95%.

25 de Fevereiro de 2021

Compartilhar

Nosso site utiliza cookies para criar uma melhor experiência de navegação para você. saiba mais

Ok