Suporte técnico 2ª VIA DE BOLETO

NRF 2022 A Server esteve presente

Tecnologias, tendências e realidades para o Varejo mundial

NRF 2022 A Server esteve presente
Após sua histórica edição totalmente online em 2021, a NRF voltou para sua versão presencial em 2022. Mesmo bastante afetada pelo aumento de casos da variante Omicron a versão presencial foi mantida pelos organizadores. Apesar de um público reduzido e com algumas empresas desistindo da participação, a feira manteve o seu alto nível de qualidade e trouxe ao mercado uma grande entrega de novidades, tendências e inovações. Nós da Server, como em todos os anos, acompanhamos de perto tudo que foi movimentado nos 3 dias de feira e trazemos aqui um resumo das grandes novidades para 2022 no varejo mundial e brasileiro.
Não poderia ser diferente se não iniciarmos falando sobre as mudanças impostas ao varejo pela pandemia que ainda estamos vivenciando. As grandes mudanças para o varejo foram, em sua grande parte, resultado das necessidades do consumidor devido ao distanciamento e as novas regras de segurança adotadas em todo o mundo. Não somente os consumidores, como também as empresas foram forçadas a se adaptar a este novo mundo. Um dos pontos que chamaram a atenção foram as livestreams, que fizeram muito sucesso em 2021. Com o aumento das compras online e os livestreams, muitas inovações apresentadas na NRF deste ano eram voltadas a este segmento, dando formas inovadoras de se realizar as lives e ao mesmo tempo vincular as vendas diretamente às transmissões.
Ainda sobre as compras online, diversas empresas focaram seus esforços para aumentar ainda mais as formas de analisar os dados de compra e comportamentos dos consumidores para aumentar as vendas direcionando suas campanhas e melhorando a assertividade de compras e estoque.
 
Outro grande foco e assunto muito comentado nas apresentações foi o Metaverso. O metaverso é um espaço online coletivo, que conecta as pessoas através de realidade virtual e realidade aumentada. Já existem diversos modelos disponíveis e a tendencia é que sejam criados ainda mais destes ambientes. Grandes empresas estão apostando alto no metaverso e já estão se movimentando para se adaptar a este novo mercado. O varejo deverá seguir nesta mesma intensidade. Devendo se adaptar ao novo mercado da geração Z*** que já desde nascença vive o ambiente virtual e será a principal consumidora deste novo mercado.
 
Assunto também muito comentado e analisado nesta NRF foi a questão de suplychain. Os desafios de manter o abastecimento de lojas e estoques com a escassez de matéria prima e produtos devido à pandemia foram muito abordados durante os dias do evento. Alternativas de antecipar compras de forma assertiva e automatizada eram um dos caminhos bastante discutidos e apresentados. Outras já corriam para o lado da Inteligência artificial e automações de processos através de robótica. Não bastando estes problemas, os pequenos e médios ainda tem o grande desafio de competir com os grandes players do marcado como a Amazon, esta que atualmente já atua em toda a cadeia de suprimentos com soluções próprias, dando a ela maior eficiência em entregas, abastecimento e logística.
 
A pandemia também elevou a importância sobre as práticas de ESG (Environmentak, social, governance). As empresas e marcas devem se preocupar ainda mais com as questões ambientais, ciclos de vida dos seus produtos e consumo consciente. O varejo precisa ser ético neste ponto pois é uma das grandes exigências do consumidor atualmente.
 
Um tema abordado em todos os anos da NRF e que vem sempre trazendo novidades é o autoatendimento. Nos Estados Unidos, principalmente, por ter um grande déficit de mão de obra, os investimentos em autoatendimento são cada vez maiores. Apesar de a realidade do varejo brasileiro ser um pouco diferente e até mesmo culturalmente, o nosso atendimento ser diferenciado em comparação ao atendimento americano, o autoatendimento é uma tendencia a ser explorada. O consumidor cada vez mais exige e utiliza deste tipo de serviço e o varejista que também puder proporcionar esta experiencia ao seu consumidor aumenta ainda mais sua satisfação e a fidelização do seu cliente.
 
Em resumo, a NRF 2022, apesar de contar com um número de participantes menor que os anos anteriores, trouxe ao varejo grandes novidades e ótimos caminhos a serem trilhados pelas marcas do mundo todo. Assim como nos anos anteriores, o varejo ainda deverá enfrentar grandes desafios impostos pela pandemia de Covid-19. Mas com os investimentos certos, unificação do físico com o digital e um melhor uso dos dados para assertividade de compra e venda, a tendencia é um crescimento ainda maior do setor para o ano de 2022.
 
Nós da Server seguimos acompanhando o desenvolvimento do varejo e apoiando o setor trazendo inovações, novas tecnologia e consultoria das melhores práticas de mercado. Entregando as melhores ferramentas e serviços temos a certeza de que estamos dando a oportunidade aos nossos clientes para enfrentar os desafios que ainda estão por vir neste e nos próximos anos.”
Diego Zanelatto – Diretor Técnico – Server Softwares para Varejo.
24 de Janeiro de 2022

Compartilhar:

Nosso site utiliza cookies para criar uma melhor experiência de navegação para você. saiba mais

Ok